Arquivo | outubro, 2008

Como um girassol você é meu sol.

7 out

“Eu tento me erguer
Às próprias custas
E caio sempre nos seus braços
Pobre diabo é o que sou…

Um girassol sem sol
Um navio sem direção
Apenas a lembrança
Do seu sermão…”

Anúncios